9 de dezembro de 2016

Sistema de Saúde e hospitais no Japão

Maquina de bebida japan
Visitar um hospital não é lá tão agradável a não ser em casos de setor da maternidade mas em se tratando de Japão pode-se dizer que dá até para se sentir em casa literalmente e isto começa desde os preparos para a internação até a saída na hora do pagamento.

Na imagem acima onde há uma  seta em vermelho está escrito que aquela bebida é free ou seja, gratuita. Isso mesmo, não somente a água mas o chá verde quente também é gratuito e o restante das bebidas tem o valor de 100 yen como mostra a imagem. 

E no mesmo espaço há mesas , microondas, uma pequena geladeira e sofá para caso o acompanhante queira fazer uma pausa fora do quarto.

Hospital japão

No Japão não existe sistema de saúde gratuito e nem remédio dado pelo governo, tudo se paga e se paga 2 vezes. Como assim 2 vezes? A Tia explica melhor, me acompanhe aqui...

Existem 2 sistemas de saúde administrado pelo país que são o seguro saúde da prefeitura caso a pessoa não trabalhe fixo ou faça somente trabalhos part time ou ainda passou de 65 anos ( sim, a pessoa paga o seguro saúde até morrer, com valor menor na hora de consultas, internação e exames mas paga) e existe o seguro saúde para trabalhadores na ativa e dentro deste seguro está incluido a aposentadoria. No caso de trabalhadores onde desconta a aposentadoria a empresa paga 50% e o funcionário 50%. Mulheres que trabalham meio período optam pelo seguro da prefeitura e pagam dentro dele a aposentadoria. 

Paga-se religiosamente todos os meses e caso precise de alguma consulta, exame, internação, ou qualquer outra coisa de atendimento médico é pago ainda 30% do valor total do tratamento, ou consulta ou seja lá o que for que precisou. Repito que não existe atendimento hospitalar e medicamento gratuito e a mentalidade da pedição, de pedir que governo dê isso ou aquilo, de pedir que seja tudo de graça, de achar que governo tem que dar tudo pro povo. 

Além de pagar mensalmente cada vez que for ao médico mesmo que seja para pegar um remédio será pago pelos minutos dispensados a vossa senhoria. Caso atendam o telefone para te sanar uma dúvida, na tua próxima consulta você pagará pelo telefonema mas caso não volte mais talvez haja anistia. Eu já paguei por falar com o médico ao telefone. 


Filas para idosos e gestantes



Aposentados com mais de 65 anos pagam o seguro da prefeitura e nas consultas e tratamentos hospitalares e remédios pagam 10%  e outra coisa que não existe no país é fila especial para idosos e gestantes. Vai pra fila normal como qualquer um. Outro dia passou uma reportagem na televisão sobre como outros países lidam com o aumento da população idosa e apareceu o Brasil . E os japoneses se espantaram de como somos bons , pois damos preferência para idosos e gestantes em qualquer lugar ou situação. Que  existem lugares onde as filas para eles já está demarcada,  olha que gracinha que somos.




hospital japão

Hospital Japão


Existem Hospitais universitários sim mas não é público gratuito do governo, não existe tratamento de câncer gratuito e nem vacinas gratuitas. O cidadão colabora com o país quando ele paga pelo seu serviço de saúde e anda em ruas asfaltadas sem buracos com segurança.  Este é o pensamento do arquipélago e parece que funciona. O imposto que cada cidadão paga a sua cidade ela reverte em melhoria física para os seus. 



Hospital Japão

Sofa para clientes



 Nos trens há um pequeno local reservado para gestante e idosos. São 3 poltronas em cada vagão, melhor que nada não riam. Abaixo imagem do banheiro no quarto de hospital, acento com jato de agua quente para lavar as partes intimas.
Hospital japão


O Japão é o país onde existe o maior número de idosos passando a Itália que estava em segundo agora eu não sei, e mesmo no país onde os velhos passaram dos novos não existe uma lei municipal, federal que obrigue alguém a criar uma fila ou espaço reservado ou especial para estes. Em bancos acontece o mesmo, claro que atendimento bancário no Japão não se compara a nenhum lugar no mundo. Não usam talão de cheque, simples assim.


Alguns exames de prevenção de doenças como o câncer a prefeitura faz de forma gratuita , para isso é preciso consultar o calendário da prefeitura e ver qual a tua idade.  Não fazem uma mamografia gratuita numa jovem de 25 anos, a não ser que tenha casos na família de câncer de mama. Geralmente os gratuitos são feitos uma ou 2 vezes na vida. Depende da idade do cidadão.






30 de novembro de 2016

Música Enka - Interpretação cantada




Apresentação Enka em região montanhosa em Saitama no Parque Torii Kannon num dia ensolarado, dia de Matsuri.

Enka significa canção interpretada, a junção dos kanjis atuar e música e   referia-se ao momento político quando foi criada entre a Era Meiji e Era Taishou ( 1900-1912 aproximadamente), era como se fosse um desabafo aos políticos da época, logo depois vieram palavras mais tristes como lágrimas, abandono, amor, tristeza...e assim tem sido até os dias hoje.

Um pouco nova na cultura nipônica em relação a outros costumes e seus apreciadores são maioria dos mais velhos, os antigos como dizem. Hoje o ritmo musical japonês é mais pop.

Maioria dos Matsuris ( festivais) não faltam o Taiko e Enka, fazem parte da tradição assim como futebol e samba estão para o Brasil. Alpes japoneses não fazem parte da cultura viu!

Quem se apresenta sem dúvida são as pessoas mais velhas, os jovens não tem interesse em fazer, até sentam para assistir mas não por muito tempo e esse é um dos medos dos mais velhos porque pouco a pouco essa tradição desaparecerá. Ao contrário do Taiko que viralizou pelo Mundo a música Enka não teve o mesmo caminho talvez porque fala de muita tristeza, dor, reclamações e num nihongo antigo. Os japoneses que foram embora do Japão há mais de 40/50 anos já não entendem todo o vocabulário cotidiano e também porque depois da segunda guerra muitas palavras foram inseridas ao vocabulário nipônico e outras tantas palavras em inglês também foram adicionadas e virou uma salada mista. Façam um teste , perguntem a um japonês que mora fora há mais de 4 décadas como se fala banheiro em nihongo e depois venham aqui me contar qual foi a resposta.

23 de novembro de 2016

Eu quero um amor





amor
Imagem Monica Maeda

  Eu quero um amor para viver e não um amor para recordar.

Eu quero aquele amor que te esquenta o frio na barriga, eu quero esse frio na barriga...

19 de novembro de 2016

Como usar o Ego

Coluna da Monica
Atena /Minerva


Seria de bom grado estar atento ao ego inflado porque ele pode te cegar e ensurdecer. Muito comum a pessoa querer ser vista e lembrada mas na contramão faz pouco caso do que o outro cria.

Gostam de mostrar o que fazem mas não se importam com o que os outros estão fazendo. 

Gostam de receber elogios mas não elogiam quem esta bem próximo.

Divulgam e compartilham apenas o que lhes deu prazer, e isso é normal, afinal ninguém compartilha o desprazer, mas o que daria prazer ao ego inflado? o que lhe sustenta? 

Gostam de ganhar favores sem oferecer nada em troca.

Gostam de serem apreciados mas pouco apreciam nos outros.

Receber um favor é como servir ao Rei, súditos fazem o favor ao Rei.

Nada de Freud e Kant aqui, porque existem textos já demasiadamente sobre esse mesmo tema e mais parecem cópia fiel de estudos de Freud e Kant. Claro eles foram ótimos mas vocês também devem ser. 

Particularmente quando inicio uma leitura e antes de chegar no segundo parágrafo vejo citações de Kant ou Marx termino ali a leitura. Será que ainda teremos que ouvir o que os outros disseram antes de nós para continuarmos? Seria falta de criatividade? O ego gosta de criações, use-o.

Percebe-se também em atividades de ensino quando muito se sabe e pouco se ouve , comumente propagam seu ensino mas pouco quer saber do ensino de outro. 

Sobre Kant e Marx e seus afiliados os conheci nos estudos de Metodologia cientifica e o ego sempre foi motivo de estudos para mim que sou curiosa a respeito do universo humano, os adorei mas chega. 

Que tal pegar o seu Ego para mostrar o novo para quem tem sede de conhecimento? Que tal agregar conhecimento usando o que tens de maior, ou seja, o seu  Eu.

10 de novembro de 2016

Plutão quadratura Vênus

Astrologia
Coluna da Monica


Liberte o fantasma que há dentro de você


O número 1 na numerologia significa entre outras coisas a independência, o começo de algo novo, o ímpeto, a objetividade; são todas características arianas. O número 1 representa Áries. E por que esse número associado a Plutão em aspecto quente com Vênus? 

Numa quadratura desses dois elementos o que podemos presumir? Que Plutão tratará de eliminar certas amarras de Vênus, seja ela financeira, sexual  ou amorosa. Plutão e suas obsessões. 

E o número 1 vem para dizer que se não der um novo espaço, e muito espaço diria, para começar um algo novo ou reinventar uma relação ou o seu financeiro ; o fantasma continuará a atrapalhar a sua caminhada, faltaria espaço, não haveria objetividade em começar o novo, e o número relacionado a Áries imaginem um carneiro correndo, pulando por cima de pedras, cercas sem olhar para os lados, se quebrando, sangrando mas indo em frente sem ver as consequências. Seria como comprar arroz de terceira e não retirar as pedras e sujeiras antes de cozinhar. Você cozinharia com certeza da mesma maneira o arroz, apenas que teria que teria que comer algumas pedras e sujeiras se sujeitando a quebrar um dente quem sabe, mas se você limpar  antes poderá come-lo sem a sujeira e sem perder alguma lasca do dente. Não invente mais Carma do que já tem.

O limpar antes de cozinhar consiste no desapegar, reconhecer o que se esconde de si mesmo, o podre, o oculto, são sentimentos de medo, sofrimento e paixão ao mesmo tempo mas que conduzirão a melhor transformação, não dá para cozinhar o arroz novo sem antes limpar a panela onde contém o arroz velho. Há que se dar lugar ao novo. Reconhecer onde esta a nossa treva é dolorido mas libertador, quase um orgasmo.

Um relacionamento pode acabar , pode-se encontrar uma nova paixão e como de costume com Plutão será arrasa quarterão. Ou mesmo o contrário, você querer manter o controle sobre a pessoa amada, controlá-la e achar que este posicionamento é o melhor a se fazer no momento. Ou quem sabe controlar até as finanças do outro, aí pode-se ganhar ou perder. Já que sabe que haverá pressão, conflitos de sentimento, antecipe você essas mudanças para quando vênus tocar plutão não sair tão ressentida. Em qual das casas do teu mapa natal caem esse aspecto? É ali a festa, corra para ver! 



6 de novembro de 2016

Taiko - 太鼓


Tambor japonês 


O Taiko une batida, dança , ginga, concentração e muito treinamento.





Apresentação em Musashi Kyuryo National Government Park em Saitama.
O Taiko e o Sumo sāo símbolos da cultura japonesa , apreciados pelo mundo como parte de uma cultura secular, um pouco fechada sim, mas de valores incomparáveis. 



Taiko - 太鼓


Tambor japonês 


O Taiko une batida, dança , ginga, concentração e muito treinamento.






3 de novembro de 2016

Ética e a falta dela - Corrupção de valores

Reprodução Facebook

Em tempos de ocupação de escolas por alunos jovens, guerreiros querendo mostrar o quão preocupados estão com o ensino , educação e futuro próprio e da sociedade , eis que aparecem alguns jovens e outros nem tanto carimbando essa foto como correta, como politicamente correta e mais; que isso é o correto sim! Alô!? 

Humberto Eco  diz que as redes sociais deram voz aos imbecis, e  a imbecilidade já era cometida antes das redes sociais, apenas não a liamos com tanta frequência como hoje. O jeitinho brasileiro já existia antes das redes sociais. O que vemos hoje é o reflexo da educação ou a falta dela no sentido moral e cívico. E o ego fala mais alto , porque na ânsia de mostrar o próprio ato em rede nacional a criatura faz um self do que ele é na verdade, dos atos que comete sejam eles bons ou ruins, o ego faz querer mostrar o quão poderoso pode-se vir a ser em rede social.

A própria pessoa divulgou em rede social e deixou aberto ao público exatamente aquilo que ele mesmo condena conforme postagens em seu perfil na rede social. E o post chegou até um grupo fechado no facebook com o nome de Clube da Alice e para espanto maior a jovem que compartilhou da  postagem, o fez 2 vezes e no seu perfil ela mostra videos e fotos de escolas ocupadas em nome do Ensino Médio. O Clube da Alice não compactou com a ideia desse post o deletando na primeira vez mas os jovens são insistentes rsss.

O mesmo "cidadão" que comete um ato de má fé contra um estabelecimento, procurando lesionar a quem cumpre com suas normas e regras  pede ensino melhor ao governo.  Não é lesionar no sentido de não pagar, mas o lesionar psicológico de quem esta cumprindo com seu dever, ou seja, ninguém no Mundo é obrigado a trocar dinheiro a não ser instituições financeiras quando na troca de moedas estrangeiras.

Podemos chamá-lo di cidadão?  Se sim, o chamaremos aqui.

Esse cidadão precisava efetuar um depósito de 95 reais no "BANCO" e possuia duas notas de 50 reais, e provavelmente pelo horário que conta no cupom da compra o banco já havia fechado e então ele recorreu ao jeitinho brasileiro de pedir um favor , veja bem, um favor de trocarem a nota de 50 reais no caixa do supermercado. Um favor não implica que a pessoa seja obrigada a fazê-lo mesmo porque dentro do estabelecimento existem normas a serem cumpridas e imaginem se todos como esse cidadão tomarem essa mesma atitude de pedir favorzinho de troca de dinheiro? 

Aqui vai a história relatada pelo próprio cidadão se intitulando como vingador fazendo alusão ao seriado Revenge.

Reprodução Facebook


Reprodução Facebook

O cidadão tomar uma atitude como esta um tanto insensata há de se pensar então porque ele agride governantes , estado, presidente sobre a educação e respeito que ele mesmo prega no seu perfil em rede social e na vida cotidiana vai na contra mão. As vozes  dadas sobre as redes sociais são controversas , quem publica contra o governo o chamando de corrupto e ladrão o faz no mesmo patamar. A corrupção esta em cada gesto como este, hipocrisia falar em roubo de governo quando a sociedade é conveniente com esse tipo de atitude. O que mais espantou foi o perfil das pessoas que apoiaram essa atitude insana. 

Há os que defendem a ideia de que isso não foi o correto, alguns repudiam mas os que apoiam parecem a maioria e olhando perfil das pessoas que apoiam vejo alunos universitários, mães que na foto do  perfil estão com seus bebes no colo, logo penso que ela ensinará isso ao filho como sendo boa conduta. Há também uma maioria de adolescentes que não sabem o sentido da palavra corrupção, educação e ética pensando que político é sinônimo de corrupto e que quem não o é pode ser bom cidadão. 

Adolescentes que ainda cheiram mijo na fralda e enchem de postagens sobre invadir escolas contra isso ou aquilo, que Lula é ladrão e Dilma safada, que o PT rouba. Por um acaso foi o governo que os ensinou que o Mundo é obrigado a trocar dinheiro para qualquer um que apareça no caixa de supermercado porque ele precisa fazer um depósito?  E como não de resposta a pessoa compra a cenoura mais fina do mercado achando que fez o melhor negócio e  aqueles 11 centavos entrou no caixa do  estabelecimento como venda a vista e  aquele é o preço da mercadoria. Quem perdeu ai? o mercado ganhou 11 centavos e o cidadão ganhou o quê? 

Reprodução Facebook

Reprodução Facebook

Reprodução Facebook

A maior insanidade vem de quem compactua com esse tipo de atitude, de quem fala que faria o mesmo. Talvez por ignorância ou falta da educação  de casa. Sim, de casa porque na escola se as desocuparem aprenderão ética na sociedade.

Que momento é esse que vivemos, o que fazer para sanar esse tipo de pensamento mesquinho e soberbo onde se procura tirar vantagem sobre tudo e todos. O cidadão no seu ímpeto de Revenge não se atentou ao fato de que ele perdeu 11 centavos para trocar o dinheiro, quem ganhou foi o mercado e o maior perdedor foi o vingador. 

A vingança tem seu preço, talvez depois de pegar a cenoura a tenha jogado fora, ou será que a levou para casa como Troféu da vingança. Quantos troféus esse cidadão deve possuir, quantas cenouras, tomates, batatas já não ganhou com sua atitude de vingador.

2 de novembro de 2016

Astrologia Karmica

Astrologia karmica
Coluna da Monica


Mapa Natal


Mapa sendo vivido - Signos, planetas e casas


Un signo tem um identidade pessoal, uma motivação  interna, às vezes oculta, que se manifesta através de um planeta e casa.

Um planeta é um mensageiro, intérprete do signo. Faz o signo acontecer. Os desejos dos signos são realizados pelo planeta regente.

Assim, Touro tem medo de perder a segurança ou algum bem. O desenvolvimento disso depende de Vênus ou de qualquer planeta em Touro.

Uma CASA é uma área  de atuação, palco. Ali marcam-se pontos, há visibilidade. Numa casa oculta, como as de água (4-8-12), é visível que há algo oculto.

Signo é dentro, é esotérico. Casa é fora, é exotérica.

Não dá para escapar das casas onde há planetas. Ex.: c/7 - relação com o outro.

Como parceria sentimental ou profissional, como a observação das pessoas.

Se você tem planeta na c/7, isso não lhe obriga a se casar ou se associar comercialmente ou a arranjar um rival. Mas, se quiser ter uma companhia, mesmo que as coisas não estejam "facinhas", ou que tenha se tornado um ermitão no Tibet, podes crer, essa companhia aparecerá. Os anjos dizem Amém para os aspectos do MA. Se vai dar certo é outra questão. No entanto, já deu certo:você se casou; não era o que queria?

Olhando as casas, você pode escolher ONDE certas coisas precisam, devem acontecer. O signo dará forma (da gestação) e a casa materializará ( o parto).

Como as casas são visíveis , se quer esconder dinheiro, por exemplo, é melhor não ter planetas na c/2.

Planetas são representantes dos signos, com funções psíquicas que fazem parte da estrutura da mente. E a mente não é Mercúrio. Ele são as ideias e pensamentos. Já a mente é composta de vários planetas, incluindo os transpessoais. Plutão é a função de eliminação e de transformação . Qualquer bebê, durante a fase anal, já é apresentado a Plutão.

Planetas são responsáveis pelo destino, pelo K. TODOS os planetas criam K. Quem diz que Saturno ou Lua são responsáveis pelo K está esquecendo o resto, superficializando a magnitute duma encarnação. Qualquer planeta tem seu dharma, seu dever e honra a cumprir. Fará isso através dos aspectos. numa casa e signo. Assim, Mercúrio cria K conforme o que fala, escreve ou gestícula. Mas, também, é seu dharma construir algo com o que fala. Se você acusa precipidamente, faz a K. Desculpa-se com sinceridade e faz compensação, criou dharma.

K é ação, não, necessariamente, ruim. Just action. Uma consequência de você estar vivo. Morto não tem K.

Cada planeta comporta-se conforme seu significado básico e posição no MA. O impulso da conquista e atitude de Marte expressa-se diferente de estiver em Libra ou Aquário, ou em c/2 ou 6.

Até a adolescência, esta-se em treinamento para o futuro. Algumas pessoas repetem padrões da infância mesmo depois de velhos, com carteirinha de idoso. É uma evolução mais lenta. 

Talvez estejam se preparando para mais tarde ainda. Daí que frustrações da adolescência podem ser vistas como resistência fortalecida ou ensinamento para enfrentar lutas futuras. Sem se queixar, pois isso só tiraria energia e significaria fracasso, incompetência, síndrome de Peter Pan.

Você pode fazer o que quiser durante sua vida inteira. Mas, quando morrer, morrerá com os aspectos do seu MA. Deve ser bonito ser enterrado junto ao MA, seu curriculum vitae. Aqui jaz uma Vênus quadratura Urano...

Por isso, se você tiver Saturno com Marte, ainda que você tenha sido um excelente construtor, nota 10, ou tenha construído uma vida ma-ra-vi-lho-sa, quando morrer, caro amigo, morrerá com algo inacabado: ação limitada, restrita por algo. Se construiu 200 casas em vida, morrerá sem finalizar a 201. E tenho a impressão que você sabe muito bem disso. Pare um pouco e pense: que situações você desconfia que ficarão inacabadas quando morrer?

Trecho do livro Conhecimento da Astrologia Karmica (ou da participação) Vol l de Anna Maria Costa Ribeiro - 

Para aquisição dos livros clique Urantiam 

28 de outubro de 2016

Signos numa festa



Aries quer dar uma festa para comemorar a entrada do Sol em seu território que se dará daqui uns 40 dias   e convida seus 11 colegas para uma reunião intima.

- Touro: Hmmm tem que pagar? O que vai ter para comer?



- Gêmeos: Depois de muito articular pergunta quantas pessoas irão e promete que não contara a ninguém da festa. 

Vira as costas e “ hei  eu soube que Áries vai dar um festão daqui 1 mês você está sabendo?

- Câncer: Que legal! E já sai pensando em como ajudar com os preparativos para a festa em “família”.

- Leão: Preparem meu tapete vermelho que estarei lá. Afinal uma festa sem a minha presença não é festa.

- Virgem: Que horas? Quando e em que local? Já sabe o cardápio? Ah, mas essa comida não combina com o início da primavera. Eu faria melhor.

- Libra: Será que vou? E se não gostarem da minha presença.

- Escorpião: Já desconfiava estava esperando me chamar afinal chamaram aquele ciclano que nada tem a ver conosco.

- Sagitário: Acho que a festa deveria ser em um Resort em outro continente onde a primavera tem o clima melhor que aqui. E claro uns litros de vinho.

- Capricórnio: Hmm quer dar festa para o Sol e eu que tenho o melhor pai que é Saturno o justo e autoritário não pensam em dar festa. Credo que bobagem gastar dinheiro a toa. 

- Aquário: Eu tenho uma ideia melhor, ao invés de festa com bolo e champanhe porque não faz uma festa estilo americana, cada um leva o seu. Eu acho melhor!

- Peixes: Quem sabe minha princesa estará lá com cabelos soltos, sorriso largo encantador, olhos de amêndoa , unhas pintadas, tomaremos um drink eu a levarei para conversar no jardim e apreciar a noite ao som de uma valsa ao longe e passaremos horas a conversar e rir sobre tantas coisas nossas ...


21 de outubro de 2016

Casa ll no Mapa Natal

A casa 2 no Mapa Natal e seus derivados




A astrologia pode te ensinar a girar no ar e cair em pé, mas não espere milagre porque a decisão é sua de dar o primeiro impulso. Ou você acha que além da chuva a cambalhota também cai do céu ?



Coluna da Monica

Todos querem o pote de ouro mas poucos fazem algo para ser merecedor porque a riqueza do ouro não apaga a pobreza interior. A casa 2 no Mapa Natal não significa somente dinheiro e posse no sentido monetário mas no sentido ampla da palavra sustento. O que sustenta a tua alma? O que você valoriza?  Dinheiro, livros, viagens? Cartão de crédito sem limite?

A casa 2 mostra através do signo, o que te leva ao "sustento", por exemplo uma casa 2 em Sagitário e Jupiter em boa companhia quer dizer  que o que te deixa "rico" satisfeito e realizado  é uma viagem ao exterior, um curso de graduação, a tua religião ou filosofia de vida, ensinar e outras mais. A cada viagem que esse sagitário fizer ele sentira como se estivesse acumulando fortuna. Ver também onde Touro e seu regente andam.


Se conseguir entender que o teu Mapa Natal é a tua imagem interna e externa  e de mais ninguém e que não adianta jogar ou transferir a culpa das mazelas aos outros , já é meio caminho andado para sua própria evolução . 

Onde esta o teu Sol? Em que casa? Vai la ver, faça o que ele pede, use as armas que ele disponibiliza.





15 de outubro de 2016

Lua cheia - Atitude

Lua Cheia - Atitude



Astrologia
Lua cheia/ Imagem Monica Maeda



O que foi plantado na Lua Nova será colhido na Lua cheia. Lua cheia significa que ela esta em oposição ao fogoso Sol, a sombra e a luz estão opostos para que nesse momento possamos  buscar e decidir qual caminho tomar, tens um objetivo? Se sim, é hora de levar a cabo suas aspirações cara leitora/caro leitor  porque depois vai chorar no leite derramado e ter atitudes que compensem a falha, ou seja, tapar o sol com a peneira porque em momento de lua cheia no nosso intimo sabemos o que nos atrapalha para evoluir, basta decidir de olhos abertos.

Lembranças, emoções vem a tona sem se dar conta,  e cuidado para quando chutar o pau da barraca, certifique-se que haverá um outro lugar onde arma-la novamente depois que a oposição diminuir. Lua em Áries é impulsiva e não consegue ver de ante mão as consequências.  Já uma Lua em Touro não chuta mas fica ruminando. E isso não quer dizer necessariamente que todos vão perder ou ganhar porque quando decidimos por algo , automaticamente devemos abrir mão de um outro algo. 

Oposição no Mapa Natal 

Oposição seja ela qual for no seu Mapa não é para ser motivo de lamentações e sim de tomar decisões, mas ai você diz que sempre cai na tua mão o abacaxi para descascar , e vos faço lembrar de um velho ditado que Deus dá o frio conforme o cobertor. Se veio para você descascar é porque você faz melhor que o outro. Reclamar é acumular bagagem inútil e as oposições no Mapa Natal são tensāo versus decisão: eu versus outro, nada de maresia, calmaria e água de coco porque oposição é do BOPE querida.




11 de outubro de 2016

Signos e suas conjugaçoões

Conjugando verbos astrais



     ♈️ Eu começo 

     ♉️ Eu tenho

     ♊️ Eu conto


     ♋️ Eu choro


     ♌️ Eu sou


     ♍️ Eu critico


     ♎️ Eu socializo

     ♏️ Eu escondo

     ♐️ Eu ouso

     ♑️ Eu reclamo

     ♒️ Eu sei

     ♓️ Eu sofro

4 de outubro de 2016

Uma doença chamada Amor




Coluna da Monica


Japão/Tóquio meados de 1.954 .

Kazuo completa o high school e logo entra a Universidade, é o segundo filho do total de 4 irmãos, segundo filho mas o primeiro homem a nascer então ele seria o 長男 (ちょうなん)o filho mais velho , o herdeiro direto, o responsável pelos pais, o príncipe herdeiro. Não ria! Cada qual com o seu qual. 

Feliz por ingressar na universidade mas ao mesmo triste porque para trás ficaria Yumiko, uma jovem bonita  de olhos grandes redondos e sorriso largo , 2 anos mais jovem e que ainda cursava o ginasial e neste período Tóquio inaugurava uma nova linha de metro porque passados 10 anos da segunda guerra mundial o país vivia um boom de expansão e construiu mais escolas e numa dessas Yumiko teria que ser transferida para uma outra escola; mais longe da vista de Kazuo.

De estatura baixa, tímido e de família tradicional , Kazuo teve vergonha, receio e pavor de tentar se aproximar mais de Yumiko , timidez esta que o atormentou toda a vida, a pedra no seu caminho sempre foi a falta de segurança e  naquela época mulheres eram para um lado e homens para outro e casamentos eram arranjados pelos pais. Os pais decidiam com quem seus filhos casariam. Pare de rir!

Tentou por diversas vezes tirar uma foto junta a ela quando estavam todos juntos , porque formavam um grupo de amigos de mesmo bairro e mesmo escola, tinham quase a mesma idade e às vezes sentavam ao redor  da mesa para conversar e numa dessas sentadas ele lembra com os olhos brilhantes de como se fosse hoje a cena: ela sentada no tatami com a saia aberta em forma de uma flor , cabelos preso em forma de rabo de cavalo e quando ele chega ela abre o sorriso , ele com vergonha olha para os lados e não havia mais ninguém mas por receio de conversar a sós com Yumiko a deixa sozinha. E essa imagem ele carrega no coração mesmo passados 62 anos.

Kazuo entra para a Universidade de Medicina ,  passados alguns anos ele perde contato com seus ex colegas de bairro, tentou saber algo de Yumiko mas não obteve êxito. Acho que faltou mais perseverança da sua parte mas deixemos de lado.

Formado, segue caminho sem ainda se casar, e aos 30 anos seus pais o pressionam para que se case logo e ali começou a caçada. A sua família saiu de Fukushima para Tóquio então haviam primos e tios ainda na cidade e vez em quando ia passear por lá.  Em um passeio o primo a apresentou a sua futura esposa. Era preciso casar logo então se não tem tu vai tu mesmo.

Agora uma moda nova no Japão copiada de fora obviamente, é o famoso encontro de ex colegas de classe. A cada 15 anos marcam um encontro da turma . Aqui começa o perigo...

O amor que adoece 


Em 2015 foi chamado para o encontro que seria o ultimo deles visto que todos tem 80 anos ou mais e eis que vieram todas as lembranças e seus corpo não aguentou o stress e adoeceu. Vertigens e dores no ouvido, seus filhos e nora correndo com médico e hospital, chamou ambulância uma vez por achar que ia morrer.  No hospital falam que não há doença. Cancela-se o encontro esta acamado não consegue caminhar direito, sente tonturas então desiste de ir ao encontro com seus ex colegas e ela estaria lá. Ok, o organizador do encontro decide então marcar mais uma vez para o ano de 2016 porque Kazuo não pode comparecer no de 2015. 

2016 outubro é a nova data do encontro e em junho Kazuo adoece por causa da coluna. Não caminha, consequentemente não dirige mais, para de jogar golfe seu esporte predileto,  são idas mensais ao médico para consulta e pegar toneladas de remédios. O médico fala que a dor vai cessar, que não há como fazer uma cirurgia por causa da idade e do coração que já apresenta problemas desde os 60 anos.  Final de setembro Kazuo apresenta sinais de depressão, a nora o alerta ele concorda em termos mas acha que esta muito velho e que sempre foi muito fraco tanto fisicamente como emocionalmente.  A depressão piora, telefona a nora pedindo socorro, vai ao hospital e nada. A noite passa mal, acha que o coração vai parar, chama a nora que o manda chamar a ambulância. Ambulância chega , os filhos também e nora segue na ambulância junto para ajudar nas respostas do médico até chegar ao hospital.

No hospital o diagnóstico? Nada! Senhor Kazuo o senhor está muito bem de saúde. Voltam todos para casa e algo o remoia por dentro.

A nora casada com seu filho mais velho é a sua melhor amiga e claro ele é o melhor amigo dela. Confessa então a sua amiga o que o deixa doente. o reencontro com Yumiko o adoeceu, suas pernas tremem só de pensar em rever aqueles olhos grandes redondos e o sorriso largo. Chora como criança e abre o seu coração, fala do texto que ensaiou para dizer a todos que quando jovem era apaixonado por Yumiko e todos deveriam rir. Pegou fotos antigas onde estavam juntos para levar ao encontro e mostrar que até hoje pensa naquela época, naquela turma. Sua nora pergunta porque não desistiu? Por que faz o fraco? Por que desistiu de ver pela última vez o sorriso largo e os olhos grandes ? Ele responde que não importa , porque o que ele precisa ver esta dentro do seu coração porque ele ainda tem a imagem da jovem sorrindo para ele quando tinha 18 anos. 

Confessado isto, começa a melhorar, volta a comer e andar. Fala aos filhos e se sente mais aliviado. Decide então que mesmo se sentindo bem não deve ir ao encontro para não adoecer novamente, confessa que é um fraco por não conseguir enfrentar um rosto velho mas que na sua mente é ainda daquela jovem linda dos olhos grandes arredondados e de sorriso largo. Isto ele repete varias vezes  no meio da conversa.

Hoje Kazuo saiu de dentro de casa e foi até o jardim para ver os preparativos do corte da grama que sua nora falou que fará para ele , promessa esta feita quando estava na cama dizendo que preferia morrer logo porque ja havia passado dos 80 . A nora falou que faria mas que precisava da sua ajuda para ensinar a mexer na nova máquina de corte. E hoje ele prontamente foi ver o que deveria ser feito, terminado isso ligou para a nora para dizer que estava tudo pronto , tudo ok para a jornada de cortar grama na próxima semana. 

O amor que adoeceu o renasceu, o amor que não morreu e não se esqueceu. Do amor que nasceu de um sorriso , de um olhar. O amor adoece e pode matar e talvez quem morra , morra feliz.



*os nomes verdadeiros foram trocados mas cada virgula da história foi relatada pelo próprio "Kazuo".


22 de setembro de 2016

Livros no Japão

coluna da monica


Umas das maiores preocupações dos japoneses é com a sua privacidade e até mesmo na hora de ler um livro eles não mostram a capa , não se deixam mostrar o que

3 de setembro de 2016

Dia de finados no Japão




Dia de finados para os japoneses significa reencontro com quem já partiu e não é motivo para tristeza e nem choro e vela. São dias de espera, cuidados e servidão porque consideram que os mortos nos fazem uma visita e essa visita se dá no mês de agosto de 13 a 15. Dia da volta dos antepassados , ritual budista mesmo que nasçam xintoísta. Conforme falei aqui 

A luz significa o caminho de volta, iluminar o caminho, não deixar andar na escuridão ou treva, a comida no altar é  para a degustação e serve-se a comida predileta dos queridos incluindo bebida com direito a sobremesa. 

Essas luminárias não são abajures, não são usadas no dia a dia e sim para o o Obon ( Dia de finados japonês ), ficam a frente do butsudan o altar de reverência aos mortos dentro de casa, mas nem todos o têm. Somente os homens filhos mais velhos da família e passa-se de filho para filho e na falta do filho homem a filha mais velha tem a obrigação de zelar os pais e avós. 

No feriado do Obon as pessoas retornam ao seu lar, a casa dos pais para a espera das "visitas" , digamos um momento de confraternização dentro de um dos pouquíssimos feriado no país. 







20 de agosto de 2016

A fotografia e suas nuances

Imagem Monica Maeda


No Dia mundial da fotografia me vem a mente de como iniciei no mundo das imagens, do transformar uma visão em imagem, do transpor o sentimento em papel. Já o fazia mas de maneira precária sem ambição alguma, ainda não a tenho mas hoje a fotografia faz parte da minha vida; é o meu hobby love.

Com vênus em peixes na casa 5 e netuno passeando por ali agora, passei muito tempo da vida colorindo as pessoas, colorindo o amor, colorindo os príncipes e junto a desilusão, então resolvi colocar esta vênus para trabalhar a meu favor, ou seja, eu materializo o que sinto e vejo na fotografia e de vez em quando a coloco no papel como poesia . 

Dos amores platônicos vieram a inspiração para esta arte, arte na qual eu consigo dizer o que sinto sem esperar nada, absolutamente nada de ninguém  e isso já me basta porque o sofrimento e desilusão vem quando esperamos algo e não esperar é o segredo. O fotografar consiste em visualizar o sentimento através da lente, é você e a lente. 

Não importa qual o equipamento, um celular pode fazer melhor , depende do que você sente no momento, não espere acontecer, faça acontecer. 



31 de julho de 2016

O silêncio noturno nipônico

A noite japonesa fora da agitada Toquio



A noite japonesa fora da agitada Toquio, Shibuya depois das 10 da noite é calmo, escuro e com pouca gente na rua .
Na estação de trem ninguém , compra-se o bilhete na máquina . O painel informa o horário de chegada e partida do trem. Ninguém se atreve a passar sem colocar o ticket, as câmeras por toda parte inibem possíveis atos. 




Imagem Coluna da Monica/ Estação de trem em Nogi

Apesar de aparentemente não haver ninguém, caso alguém tente passar e pegar o trem será pego na próxima estação . As câmeras de segurança nas estações nos dias de hoje ajudam a polícia em investigação de suicidas que vem a estação para se jogar debaixo do trem em movimento, já houve casos da pessoa jogar passageiros que estavam aguardando a chegada do trem na estação de Ueno e quando este se aproximou a pessoa empurrou passageiros para debaixo do trem. 



Imagem Coluna da Monica/ Posto policial na cidade de Nogi

O posto policial  também é tranquilo no período da noite, 2 policiais cuidam da nossa segurança . 

Caminhar a noite pelas ruas depois das 10 você ouve a própria respiração se duvidar . E caso bata uma fome compre um chocolate ou batata frita com suco, água ou café na máquina de bebida e se observar bem a foto verás que um pequeno sapo se aproveita da iluminação  da máquina . Eles ficam ali e ninguém tenta retirá-los porque a convivência é pacífica até mesmo com eles.

Imagem Coluna da Monica

Não se tem muito o que fazer na rua, crianças não brincam na rua nem de dia nem a noite mesmo no verão . Caminhadas com cachorros são na parte da manhã cedo e no final da tarde. Nem os cachorros latem , até eles fazem silêncio. Talvez seja bom dentro do costume japonês, talvez eles sintam que cada um na sua casa no seu quadrado seja o melhor, a falta de comunicação e interação parece não afetar diretamente o convívio mesmo entre um sapo e um humano há o bom convívio mesmo que seja falso e destoado da realidade.



24 de julho de 2016

Japoneses limpam a rua que passam e a calçada que sujam no Matsuri



No Japão é tempo de Matsuri, uma festa parecida como a festa junina brasileira que aprendemos com os europeus quando da sua passagem na nossa colonização  onde se comemora e agradece a colheita, a chuva  o tempo e os santos . Claro que a maioria já esqueceu o significado da festa junina e pensa que ela se refere somente a comer pinhão e tomar quentão . Crianças visitem o tio Google para maiores informações .


Mas o que vimos de diferente nesta festa? A comida? A dança ? Não , não foi somente isto, foi muito mais . Foi a organização sobre a limpeza e bons modos durante e depois da festa.


Imagem Coluna da Monica

Para não sujar a calçada eles colocam uma lona no chão e antes de usar o espaço onde a rua é fechada para a festa eles pedem licença , cumprimentam o dono da casa ou estabelecimento avisando que vão usar aquele espaço . Assim quando a festa acaba a rua e a calçada permanecem limpa como se nada tivesse acontecido porque como já falamos aqui, no Japão cada um cuida do seu quadrado e não temos gari para limpar o lixo público . Cada um limpa o que sujou.

Estamos falando de uma festa da cidade, não é uma festa particular . Então vemos que o senso do dever de cidadão começa com essas atitudes. 




22 de julho de 2016

Uma semana atípica



Coluna da Monica



Esta semana algo que chamou a atenção, quero dizer, muitas coisas me chamaram a atenção mas este em especial. Um filme sobre um livro de nome Como eu era antes de você , e eis que fui ver do que se tratava. Não, eu não li o livro e fui direto ao filme. Alias o filme caiu no meu colo porque eu já o havia procurado no cinema e depois subitamente lembre-me que isto aqui é um país de primeiro mundo de qualquer coisa menos de lançamento de filmes. Visto que no Brasil o filme foi anunciado para junho/2016 todos pensam que no Japão o filme já esta sendo assistido desde o ano passado? Nada crianças , aqui certas coisas demoram também viu! Reclama não do teu país que tem lugar "menos melhor".


O filme caiu mais precisamente em alguma postagem de algum amigo de amigo que curtiu a portagem e apareceu na minha timeline. Era um vídeo e o abri. Não acreditei que se tratava do filme, esperei para ver o que apareceria, se era algo chamando a atenção para um outro tipo de vídeo e para minha surpresa e "alegria" não era; era o próprio filme. Mas depois de alguns minutos acredito que foi retirado do facebook porque nós sabemos que não é o mais correto com o autor, atores, direção e tudo que envolveu fazer este filme. Um desrespeito ao trabalho alheio, ainda mais que estamos num mundo onde nem o cachorro abana o rabo de graça , não podemos retirar os frutos do trabalho de outros que nos proporcionam prazer. 


E de novo outro dia me aparece em outra postagem outro vídeo e abro novamente e desta vez o vejo até o final e para minha sorte não era dublado. Desrespeitei o trabalho de vocês e estou procurando um lugar  onde possa comprar o filme. Eu não gosto de filme dublado, ao contrário da Lou que até conhecer o Will só assistia filme dublado. 


Devido a minha carga horária fico dias sem acessar algumas redes sociais onde procuro interagir, as vezes o faço sozinha porque quem perdeu a noção dificilmente vai encontrá-la, e me refiro a quem perde a chance de rir, de trocar experiências , de trocar conhecimento num mundo que criamos , o mundo virtual.  O mundo virtual que aproxima os que estão longe , aproxima os desconhecidos , lança o ódio, a ira e o amor. Tudo ao mesmo tempo . 

Observadora e sensível, entendi o que o Will quis fazer e talvez eu quisesse o mesmo que ele caso me encontrasse na mesma condição. E a frustração maior das pessoas e até dos atores quando leram o livro foi sobre o final. Todos querem um final feliz com lágrima de felicidade e o filme traz um final feliz somente para uma pessoa . E a mensagem dele para Lou era que ela vivesse a vida, que não se privasse , que curtisse cada momento e que deveria viver a sua vida e não a vida dos outros e por outros.  Que a vida pode ser curta ou não, mas que devemos vive-la.

Eis que me peguei olhando para a minha vida e analisando o que tenho feito por mim , o que tenho feito pela minha felicidade? O que faço para melhorar meus dias de terráquea ? 

E você depois de assistir o filme assim como eu ou não também vai refletir sobre você mesmo? O que tem feito por si? O que faz para melhorar seus dias na Terra. Acho que já fiz esta pergunta neste post 



Hoje  é um dia atípico , falei em primeira pessoa e não se acostumem porque meu ascendente em escorpião não costuma se mostrar ao público, mas fui afetada pela lua em peixes que passa pela minha casa 5 e pelo meu estado febril que vem sempre depois que deixo ervas daninhas entrarem no meu jardim.

E aproveito para dizer que li o livro seguinte da Jojo , Depois de você. Só recomendo a leitura para quem leu ou viu o filme Como eu era antes de você e deixo uma dica , que fique claro que é o que eu acho e não o que está escrito no livro: acho que vai ter continuação do filme.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...