Amantes


Nos últimos dias falou-se muito a respeito de Becky no noticiário japa.

Becky nascida em Kanagawa  é filha de inglês com mãe japonesa, famosa artista no Japão desde a sua adolescência devido aos seus lindos traços inglês/japonês no qual aqui os japonese chamam de half (half para quem tem mãe/pai japonês com mãe\pai estrangeiro e nasce no Japão).

Mas o que levou Becky a ser notícia nos últimos dias? E não foi uma simples notícia foi um escândalo quase mortal para os japoneses.




 A Becky estava “namorando” um homem casado também artista. Mas ele ao contrario dela não tem contrato publicitário milionário com regras sobre escândalos na mídia. Toda a conversa deles no aplicativo Line (o Line no Japão é o WhatsApp do Brasil) foi divulgada amplamente na mídia japonesa om requintes de sarcasmo, foi batido em cada virgula, cada emoticon cada vogal escrita por eles. 

A moça em questão como tantos outros que tem contrato publicitário, que fazem comerciais na televisão, jornais e revistas assinou a bendita cláusula sobre escândalo midiático, ou seja, apenas haja um escândalo e o dinheiro recebido ou um grande percentual dele deve ser devolvido aos contratantes.


Fora isso como se já não bastasse perder o emprego, a pessoa deve vir a público pedir perdão naquele modo japonês, curva-se por várias e várias vezes sempre pedindo mil desculpas, sai da mídia e imediatamente é esquecida ou “lembrada” sempre pelo que se acometeu no passado. 

Se não fosse a tal cláusula talvez o escândalo fosse menor porque é comum a traição, eles traem sim e muito e não somente os homens, mas as mulheres também o fazem.Mas tudo dentro do mais absoluto silêncio oriental, claro que não pode ter a bendita cláusula no contrato de casamento, sim casamento é um contrato ou você achou que não?




 O casal japonês não tem a mania de mexer no celular alheio, de procurar por mensagens e fotos, cada um tem o seu e não se põe a mão. 

Neste escândalo não se vê a esposa do traidor dando entrevista e fazendo carnaval em programas de televisão e mostrando-se coitada e humilhada e  ele nem apareceu, não vi nenhuma aparição do distinto em rede pública, mas a Becky... coitada. Ela está dando satisfação ao povo japonês pelo seu deslize apesar de não ser casada, de ser uma pessoa livre solteira jovem e linda ela não respeitou uma clausula contratual e agora viverá no anonimato ou poderá usar sua cidadania inglesa e sair do país (o que eu recomendaria) porque para todo lugar que vá lhe apontarão o dedo e no Japão é assim. Ninguém perdoa ninguém, balela aquele assunto de que o perdão aqui reina. 

Errou errou, assuma publicamente, coloque a cara a tapa e suma. Porque o teu erro será a vergonha de toda a  tua família e amigos, você será o culpado do fracasso deles, será a vergonha nacional. Este é o pensamento zen japonês.

Ele continuará cantando e fazendo show com sua banda, talvez siga casado, já ela deverá viver mais anônima do que a pessoa que lhes escreve, no caso eu!

Postagens mais visitadas deste blog

Dia de finados no Japão

Astrologia Karmica