15 de fevereiro de 2016

Curitiba no Japão

Hoje senti o Brasil mais precisamente o clima da cidade de Curitiba onde se pode sentir as 4 estações num mesmo dia lembrando que estamos no inverno aqui do outro lado do Oceano. 

Saio de casa as 8:45 da manhã com  uma garoa fina daquelas que você só sente se olhar para cima e cair umas gotinhas dos teus olhos caso contrário vai achar que é a neblina ainda. Passam 30 minutos e a garoa fica mais forte então eu aciono o limpador de para-brisa e sempre frio, muito frio. Nesse meio tempo uma amiga de Curitiba me chama para conversar e eu ligo para ela e falamos no viva voz enquanto dirijo e a  chuva aumenta e o frio inclusive. 

Chego ao meu destino as 9:45 com horário marcado para as 10 aproveito alguns minutos para conversar ainda com minha amiga já com o carro estacionado e não querendo sair porque fora estava frio, chuva e vento e dentro do carro eu tinha o ar quente. Brrr que frio!

Olho o relógio e são 9:53 então me despeço de minha amiga  e enfrento o frio lá fora. Choveu a tarde toda, uma chuvinha fraca mas caia água do céu, e passam das 15 horas  e retorno para a minha casa. 

Percorro uns 5km e a chuva aumenta mas eu percebo que os pingos estão diferentes então começo a observá-los, mas não muito porque eu dirigia. Não teve como não notar que os pingos continuavam diferentes, maiores e não pareciam água de chuva e sim chuva de neve. Pensei e agora, fiquei horas no salão de beleza , fiz um corte novo , escova, cachos com prancha saio de lá me sentindo maravilhosa, linda e poderosa, antes de voltar para casa tenho que passar naquela loja de doces  para comprar mais trufas porque algumas pessoas que eu presenteei ontem no Valentine's Day pediram biz porque estava muito gostoso  e vem essa m@%&" branca desmanchar meu cabelo? 
Andei por uma hora com essa chuva branca, trânsito lento meia luz acesa e  ouvindo Djavan. Vou chegando perto da loja e pensando que se estacionar perto da porta seria melhor para não me molhar tanto mesmo com sombrinha. Entro na loja, vem o chá sem cafeína e um outro tipo de doce, escolho o que vou levar pago e saio. E  a tal chuva branca cessa e aparece o sol. Alô é de Curitiba?!

Volto para casa com sol e  pouco frio então desligo o ar quente do carro. O céu meio amarelo meio vermelho chego em casa sem chuva, sem neve e com o penteado inteiro. 

Viva o Japão que me faz sentir em casa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...