7 de fevereiro de 2016

Fotografia e amor


É um momento único, solitário diria mas com muito amor. Se todas as pessoas que por um momento sentem raiva de algo ou alguém  pudessem colocar essa raiva dentro de uma pintura, imagem ou poesia ela se transformaria em arte. Isto é alquimia, você poder transformar ódio em amor.

Veja bem que quando estamos enamorados queremos fazer o que se não tirar foto do amor ou fazer milhões de self com o  bofe. Vai me dizer que você ai não faz ou não gosta de self? Se não gosta jogue os dados novamente e volte 5 casas.

O legal é quando começa o namoro, a pessoa vai no facebook e troca a foto do perfil dela e coloca a do namorado para dizer que o cara esta demarcando território , passa 2 semanas de namoro volta a foto antiga ( somente a dela) e sabemos o que houve: Brigaram!

Brigaram e as fotos do bofe desaparecem e em contra partida chovem posts com indiretas para o bofe.

Então eu tiro a conclusão de que em tempos de redes sociais uma foto vale uma indireta. Se seria para eternizar o momento porque depois ele vira aquelas porcarias de mensagens do tipo " Mulher não se pega se conquista" e blá blá blá .Eu mesmo ja fui alvo dessas indiretas prontas onde estava escrito para amar mais. Se a pessoa que escreveu isso soubesse o quanto a amei e o quanto eu sofri por não tê-la comigo, por ter sido proibida, privada deste amor. Um horror isso e parece ser a visão do inferno abrir o facebook e dar de cara com essa chuva de mensagens que atiram para um mas pega meio facebook.

Você nunca foi alvo dessas indiretas? De novo jogue os dados e volte 10 casas porque você se perdeu na curva.

Já no facebook dos japas o que tem é foto de comida e eu tenho cá para mim que  a maioria deles prefere mostrar o que come ao invés de "quem está comendo".

Às vezes me pego em poses e situações um tanto quanto constrangedoras para conseguir um bom clic e não sofrer muito com edição  , aliás euzinha não aprecio muito edições de imagem. Quero dizer que uso mas não gosto muito.

Deixo aqui uma imagem que fiz sem pretensão alguma mas é a foto que eu mais gosto e a mais bonita talvez que eu tenha feito. Com um pé na barca e outro em terra partindo para o passeio no Bósforo em Istambul na Turquia .

Bósforo - Istambul

Quando a culpa é do consumidor

A imagem acima se refere ao e-mail que me foi enviado em 22 setembro 2017 pela eduK em resposta aos e-mails enviados em datas anter...