28 de março de 2016

Gratidão





Presente recebido




 Para os japoneses nenhum favor ou gesto de gratidão pode passar em branco, desse modo se você presenteia alguém com certeza virá algo como forma de retribuição ao presente recebido. Entendeu? Não né, nem eu entendo as vezes porque é muita formalidade, e estamos no país das formalidades.

Um colega de trabalho esperava ansioso pela chegada da filha que estava com data prevista para nascimento no começo do mês de março e eu sabia o quanto eles desejavam esta criança.  Até ai normal, e mais normal ainda era eu presentear meu colega com algo para a filha que já estava chegando, porque para nós brasileiros o ato de ganhar  um presente não quer dizer que necessariamente devemos dar um outro como forma de agradecimento, no máximo dizemos muito obrigada/o sorrimos e pronto. E tem ainda quem diga que deu por que quis eu não pedi nada! 

Conversando com amigos de outros países descubro que talvez somente os brasileiros não tem o costume de agraciar a pessoa que presenteou-nos qualquer coisa. Os europeus preferem agradecer com algo  feito a mão como tortas, compotas, doces, pasta etc. No Vietnã sempre vem um prato de alguma especialidade regional. Ai alguém vai dizer que faz também , que na minha casa sempre fazemos algo para agradecer o mimo recebido. Gente não estou falando de simples favores e presentes , porque dar um pedaço do bolo que fez para o vizinho ou colega não quer dizer que você esta agradecendo a ele por ser o seu vizinho ou quem sabe pedindo desculpas por você ser a vizinha dele.

No Japão isso é quase uma obrigatoriedade, recebeu deu, deu vai receber de volta, não deu não recebe. Isso me faz lembrar o White Day lembram?.


Imagem/Monica Maeda



E o presente que vem é igual para todos que o presentearam, existem infinitas lojas de presentes para este tipo de ocasião, ocasião se entende o ato de presentear a inumeras pessoas ao mesmo tempo, seja ele casamento, nascimento, despedida de trabalho quando a pessoa para de trabalhar e muito mais. A embalagem é sempre linda, eu vejo como eles fazem e parece muito fácil mas não é não, coisa de japa entendem? 

Tem um papel branco por cima da embalagem com o nome da pessoa que esta retribuindo o presente. Esse tipo de embalagem com o nome neste papel branco não serve para qualquer presente mas sim somente para quando a pessoa casou, filho nasceu, ou algum evento onde a pessoa recebeu presentes e agora tem que retribuir um por um. Eu recebi este ai da foto, eu e todos que deram qualquer coisa para a neném, mas o valor para dar e receber  é mais ou menos  fixo e varia em torno de 3mil a 5mil yen, ou seja, cerca de 30 a 60 dólares .


Imagem/Monica Maeda

E olhem o que veio, um catálogo de comida e fruta, pode-se escolher somente 1 item, a escolha é difícil talvez mais difícil do que escolher o que comprar para presentear a filha do amigo.

Mas qual é a moral disso tudo? A moral é aquela de que eu recebi, estou muito feliz por terem lembrado de mim, mas estou retribuindo o presente ou o favor então eu não te devo nada e assim ficamos quites, você me deu eu devolvi, assim ninguém fala que deu e não recebeu ou que o fulano foi ingrato contigo. 

A moral é aquela de que você recebe o que dá.

Os vizinhos japoneses

Hoje a minha vizinha veio me presentear com doces como forma de pedido de desculpas caso o choro do seu neném me perturbe. É comum ...